Senac-PE lança edital para incubação de startups no Porto Digital

Período de inscrição segue até 28 de abril. Resultado sai no dia 20 de maio

Senac-PE lança edital para incubação de startups no Porto Digital

Senac-PE lança edital para incubação de startups no Porto Digital. Foto: Divulgação

A Incubadora para o Desenvolvimento de Inovação e Aceleração do Senac (i.d.e.i.a.S.) lança, nesta quarta-feira (17), o seu primeiro edital para recebimento de propostas. Ao todo, serão ofertadas dez vagas para incubação e mais dez para pré-incubação na unidade do Senac no Porto Digital. O período de inscrição segue até o dia 28 de abril. O resultado será divulgado no dia 20 de maio.

Voltada para fomentar empreendimentos de base tecnológica nas áreas de atuação do Senac-PE, a i.d.e.i.a.S. é fruto do PRINTS, o Programa de Inovação e Tecnologia do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PE, desenvolvido em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O ciclo de incubação vai durar 24 meses, com as startups selecionadas passando pelas fases de Pré-Incubação, Ideação, Validação, Operação, Tração, Scale-Up e Graduação.

As propostas apresentadas deverão seguir alguns pré-requisitos, como viabilidade técnica e econômica, seu potencial inovador e integração com a estrutura de ensino e pesquisa do Senac Pernambuco. Além disso, devem apresentar aderência às áreas de atuação do setor do comércio de bens, serviços e turismo, sendo vedada a incubação de empreendimentos que não tenham estudantes ou egressos de cursos do Senac-PE com carga horária mínima de 15 horas e até três anos de conclusão da data do edital.

De acordo com Eliezio Silva, diretor de Educação Profissional do Senac-PE, além do empreendedorismo, a incubadora i.d.e.i.a.S. vai apoiar a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico, contribuindo para o fortalecimento e a diversificação do setor do comércio em Pernambuco. “A tecnologia e o empreendedorismo caminham juntos, criando novas oportunidades para os nossos alunos, para o setor do comércio e para toda a sociedade”, destaca.

A incubadora promete disponibilizar às startups selecionadas infraestrutura e suporte operacional por meio de área física, infraestrutura tecnológica, infraestrutura de apoio, infraestrutura de gestão e apoio educacional. A ideia é transformar ideias inovadoras em soluções tangíveis, que atendam às expectativas dos consumidores e também das empresas. “Juntos, podemos fortalecer um ecossistema vibrante de inovação, onde a aprendizagem contínua é sem dúvida a chave para o sucesso”, finaliza Eliezio.

*Da assessoria de imprensa