Cuba fica sem internet por cerca de duas horas

“Informamos aos nossos usuários que houve uma interrupção técnica nos serviços de voz, SMS e acesso à internet; eles já foram restabelecidos”, disse a companhia em sua conta no Twitter

sex, 12/02/2021 - 18:47
YAMIL LAGE O cubano Yasser Gonzalez usa seu celular para se conectar à internet em Havana, Cuba, em 24 de novembro de 2020 YAMIL LAGE

Os serviços de internet de Cuba caíram nesta sexta-feira (12) por quase duas horas devido a "interrupções técnicas", informou a estatal ETECSA, que detém o monopólio das telecomunicações no país.

“Informamos aos nossos usuários que houve uma interrupção técnica nos serviços de voz, SMS e acesso à internet; eles já foram restabelecidos”, disse a companhia em sua conta no Twitter. “Pedimos desculpas pelo transtorno causado”, acrescentou.

O acesso gratuito à internet chegou a Cuba apenas em 2015. Até então só era possível se conectar por meio de pontos de wi-fi pagos instalados em parques ou praças públicas.

A chegada em 2018 do serviço móvel de dados, primeiro com 3G e depois 4G, permite que cerca de 4,2 dos 11,2 milhões de habitantes da ilha se conectem com seus celulares. Quando a comunicação ainda estava interrompida nesta sexta-feira, o noticiário da noite divulgou uma breve nota da empresa informando que estava trabalhando "rapidamente em sua restauração".

O site especializado YucaByte publicou no Twitter que "o apagão da internet começou às 11h50, horário de Cuba. O acesso começou a ser restaurado às 13h45, horário de Cuba".

As falhas não afetaram apenas os dados móveis dos usuários em todo o país, houve também problemas em algumas instituições com o serviço de internet a cabo.

Nos últimos meses, muitos residentes relataram problemas estranhos que os impediram de se conectar ao Facebook, Twitter ou WhatsApp.

Em outubro, o Telegram estava inacessível. A ONG Access Now, junto com várias organizações, incluindo a Repórteres Sem Fronteiras, denunciou um possível bloqueio intencional.

Tags:

COMENTÁRIOS dos leitores