Cresce o número de golpes em aplicativos de internet

Hackers estão se aproveitando de aplicativos utilizados pelas pessoas em home office para roubar dados dos usuários

por Alfredo Carvalho ter, 12/05/2020 - 16:58

De acordo com o relatório da empresa de segurança digital Check Point, cibercriminosos estão utilizando aplicativos como Zoom, Google Meet e Microsoft Teams para roubar dados de usuários em meio a crise do coronavírus (Covid-19).

Segundo o levantamento, as pessoas recebem links maliciosos em nome das empresas de aplicativos e até mesmo da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ao clicar, é baixado um malware no computador que expõe todos os dados pessoais do usuário.

Nas últimas três semanas, foram registrados 20 mil domínios com o tema coronavírus, sendo que 17% deles foram comprovados como maliciosos. Nesse mesmo período, aconteceram 192 mil ataques cibernéticos, que representa um aumento de 30% se comparado às semanas anteriores.

Como o home office se tornou uma realidade para muitas pessoas, os hackers estão explorando a fragilidade das redes domésticas. Foi relatado que diversos usuários receberam e-mails falsos no nome da Organização Mundial de Saúde (OMS), solicitando doações. De acordo com o estudo da Check Point, o dinheiro é direcionado para diversas carteiras de bitcoin suspeitas.

Por  causa dos golpes, a OMS criou uma página em seu site para alertar as pessoas sobre os ataques dos hackers. 

COMENTÁRIOS dos leitores