Tia Má visita Belém para um bate-papo com mulheres

Jornalista e youtuber, Maíra Azevedo participou de encontro na capital paraense e falou sobre poder feminino, racismo, autoestima e homofobia

ter, 03/04/2018 - 11:45
Erick Fonseca/LeiaJáImagens Tia Má (à esquerda) e Luly Mendonça durante o bate-papo Erick Fonseca/LeiaJáImagens

A jornalista baiana e youtuber Maíra Azevedo, popularmente conhecida como Tia Má, participou em Belém, no dia 24 de março, do bate-papo da programação especial do Mês das Mulheres, promovido pelo Parque Shopping Belém. O evento teve a participação da blogueira paraense Luly Mendonça, que conduziu o encontro.

Maíra falou de assuntos como racismo, poder feminino, diversidade religiosa, a autoestima dos corpos fora dos padrões e o combate à homofobia. A jornalista também falou sobre a morte da vereadora Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março, no Rio de Janeiro. "O assassinato de Marielle foi a tentativa de aniquilar o debate sobre as mais diversas formas de opressão que acontecem não apenas no Rio de Janeiro, mas em todo o Brasil. Marielle foi assassinada pra ser silenciada. A partir do momento que pensaram que iriam calar Marielle, multiplicaram sua voz", afirmou Maíra Azevedo.

O público que participou do bate-papo teve a oportunidade de relatar experiências vividas. Algumas histórias emocionaram quem estava presente, incluindo as convidadas, Maíra Azevedo e Luly Mendonça, que se emocionaram com os relatos de mulheres que foram vítimas de homofobia.

Na sua primeira visita à região Norte, Maíra disse se sentir privilegiada ao falar sobre poder feminino para mulheres nortistas. "É um grande privilégio, uma grande honra. Eu acho que a gente precisa, inclusive, incorporar a possibilidade da gente trocar experiências, isso deve ser feito mais vezes", contou  a jornalista.

Tia Má é a primeira mulher negra no Brasil a apresentar um espetáculo de stand up. Em 2014 ela recebeu o prêmio de jornalismo Abdias do Nascimento, pelo caderno Especial da Consciência Negra. Em 2015 foi eleita uma das 25 negras mais influentes da internet. Em seu canal no YouTube, Maíra produz vídeos curtos, com uma linguagem bem-humorada, abordando assuntos do cotidiano, relacionamentos, trabalho, sexo, autoestima, empoderamento feminino, homofobia e racismo. Veja vídeo abaixo.

Por Amanda Lima.

Embed:

 

COMENTÁRIOS dos leitores