Bolsonaro: ‘Na rua pela liberdade do Brasil’

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) aposta na mobilização popular, convocando seus apoiadores à Avenida Paulista, principal via da cidade de São Paulo

Bolsonaro: ‘Na rua pela liberdade do Brasil’

Pronunciamento de Jair Bolsonaro. Foto: Carolina Antunes/PR

“Na rua pela democracia, pela liberdade, pela família.” O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) aposta na mobilização popular, convocando seus apoiadores à Avenida Paulista, principal via da cidade de São Paulo, onde espera reunir 500 mil pessoas.

Nas intenções do líder nacionalista – que está no centro de uma investigação por golpe de Estado, o que também pode resultar em sua prisão, e já foi declarado inelegível – o evento é um ato de força para medir seu índice de popularidade no país.

No entanto, segundo alguns observadores, também representa um teste para o presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que enfrenta polêmicas e um pedido de impeachment da oposição, devido à crise diplomática com Israel, depois de ter feito um paralelo entre as ações do governo de Benjamin Netanyahu em Gaza e o Holocausto de Adolf Hitler.

Apesar de o início do evento estar previsto para a tarde, já pela manhã deste domingo (25) diversos grupos de apoiadores com camisetas verde e amarelas e envoltos na bandeira de Israel começaram a chegar à Paulista.

O grande organizador do desfile é o poderoso pastor evangélico Silas Malafaia, aliado de Bolsonaro em várias batalhas políticas, que alugou três palcos móveis de onde, além do ex-presidente, são esperados discursos de deputados, governadores e uma oração da ex-primeira-dama Michelle.

Segundo as expectativas, o discurso de Bolsonaro durará cerca de meia hora e será dividido em três blocos de dez minutos, abordando também o que o líder de direita aponta como “perseguições em curso contra ele”.