Michelle Bolsonaro rebate acusações de capacitismo

A ex-primeira-dama afirmou que “sempre teve carinho por pessoas com deficiência” e que seus opositores estão tentando “assassinar” a sua reputação

Michelle Bolsonaro rebate acusações de capacitismo

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) usou suas redes sociais, nesta terça-feira (5), para rebater as críticas sobre uma declaração na qual ela comparou um filho autista a um problema. A fala, acusada de capacitista, foi feita por Michelle em um evento do PL Mulher.

“Agradeço a deus todos os dias, porque eu não precisei passar por nenhum problema, Adriana. Eu não tenho filho autista como você tem. Eu não fui abusada sexualmente”, disse Michelle no evento.

Em um vídeo de quase três minutos, a ex-primeira-dama afirmou que “sempre teve carinho por pessoas com deficiência” e que seus opositores estão tentando “assassinar” a sua reputação.

“Por mais que tentem esconder, deturpar ou “assassinar” a verdade, ela sempre virá à tona! Não permitiremos que ciúmes, inveja ou interesses políticos escusos atrapalhem o nosso trabalho ou tentem manchar a nossa história de amor e dedicação às pessoas com deficiências, autistas, surdos, pessoas com doença raras e por todas as pessoas vulneráveis do nosso país”, escreveu em sua conta no Instagram.