MPRJ entra com recurso para retomar caso das rachadinhas

O senador Flávio Bolsonaro (PL) e mais 16 pessoas estão envolvidas na denúncia

MPRJ entra com recurso para retomar caso das rachadinhas

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) entrou com um recurso para pedir a retomada das investigações contra o senador Flávio Bolsonaro (PL) no caso das rachadinhas. Após a investigação ter provas anuladas pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo Supremo Tribunal Federal, a acusação quer esclarecer questionamentos que possam prejudicar o reinício do caso. 

O Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) havia rejeitado a denúncia contra o senador em maio deste ano. A decisão motivou o recurso da Procuradoria-geral de Justiça, que pede a retomada das investigações contra Flávio e outras 16 pessoas. O grupo é suspeito de cometer os crimes de peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa e apropriação indébita.

A posição do TJPE foi entendida pela defesa do congressista como caso encerrado. Contudo, na ocasião, foi indicado que possíveis desdobramentos seriam respondidos com medidas judiciais cabíveis.