< href="/noticias/">notícias
  • política
  • carreiras
  • ESPORTES
  • ENTRETENIMENTO
  • tecnologia
  • Práticas sustentáveis: deputado quer incentivos às cidades

    O deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) debateu alternativas para o desenvolvimento sustentável durante a I Conferência Internacional de Resíduos Sólidos que acontece no Recife

    sex, 18/03/2022 - 10:57
    Matheus Augusto/Divulgação O deputado estadual Wanderson Florêncio Matheus Augusto/Divulgação

    Presidente da Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) debateu alternativas para o desenvolvimento sustentável durante a I Conferência Internacional de Resíduos Sólidos, realizada no Cais do Sertão, no Recife Antigo.

    Além de participar da abertura do evento, o parlamentar esteve no painel Conflitos Regulatórios e Práticas Jurídicas ao lado de representantes da Gerdau, da Confederação Nacional das Indústrias, do Tribunal de Contas do Mato Grosso e de especialistas no direito ambiental.

    Wanderson Florêncio debateu uma nova distribuição dos recursos originários do ICMS-Socioambiental, sendo utilizados para a preservação do meio ambiente em Pernambuco, beneficiando assim os municípios que realizam ações sustentáveis como coleta seletiva, aterro sanitário e reciclagem, por exemplo. O deputado ressaltou que a Alepe vem discutindo o assunto desde 2019.

    “Uma das minhas primeiras proposições como deputado estadual foi esse projeto de lei, pois é preciso incentivar os gestores para a realização de práticas sustentáveis. Há municípios que possuem áreas de proteção ambiental, onde não é possível a implantação de indústrias. Acreditamos que essa nova distribuição do repasse do ICMS-Socioambiental seja uma alternativa viável”, disse.

    *Da assessoria de imprensa

     

    COMENTÁRIOS dos leitores