CPI da Covid: Omar Aziz dá voz de prisão a Roberto Dias

Presidente da CPI da Covid acusou o ex-diretor de logística do Ministério da Saúde de mentir

qua, 07/07/2021 - 18:07
Pedro França/Agência Senado Ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias na CPI Pedro França/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), deu voz de prisão, nesta quarta-feira (7), para o ex-diretor de logística do Ministério da Saúde por mentir durante o interrogatório. Roberto Dias é acusado de pedir propina e de pressionar funcionários da pasta para a compra das vacinas Covaxin.

Algumas sustentações de Roberto Dias, como a de que o encontro com o PM Luiz Paulo Dominghetti, que representava a Davati Medical Supply no dia 25 de fevereiro, foi por acaso, ficaram em xeque depois que foram divulgados áudios de conversas no celular do policial que foi apreendido pela CPI, durante o depoimento dele, na quinta-feira, 1º de julho. Por conta disso, o presidente da CPI, afirmou que "deu várias chances" para que ele contasse a verdade e o acusou de "estar mentindo desde manhã". Omar Aziz solicitou à polícia do Senado que prendesse Roberto Dias. 

COMENTÁRIOS dos leitores