Serrana prova 'crime' de Bolsonaro, diz líder do PT

Segundo o deputado Bohn Gass (RS), o resultado do estudo na cidade 'prova que a negligência de Bolsonaro é criminosa'

seg, 31/05/2021 - 11:38
Agência Câmara Deputado Bohn Gass (RS) na Câmara Federal Agência Câmara

O líder do PT na Câmara, Bohn Gass (RS), fez uma análise do estudo realizado em Serrana (SP), que indica que a pandemia pode ser controlada com 75% da população vacinada. "O caso de Serrana prova que a negligência de Bolsonaro é criminosa", escreveu o deputado em sua conta no Twitter.

A cidade paulista de Serrana foi escolhida pelo Instituto Butantan, governo do Estado e Universidade de São Paulo (USP) para um estudo sobre os efeitos da vacinação em massa na população adulta. No domingo (30), foi divulgado que o controle da transmissão no município se deu quando 75% da população elegível estava vacinada, o que indica que esse é o porcentual de imunizados que precisaríamos ter no País para atingir a imunidade de rebanho pela vacina e frear o vírus.

"Com 75% da população vacinada na cidade de Serrana/SP, números da Covid-19 desabaram e a pandemia foi controlada", concluiu o parlamentar. Segundo ele, "se Bolsonaro não tivesse atrasado a compra de vacinas, o Brasil poderia estar na mesma condição". A declaração faz referência ao depoimento do diretor do Butantan, Dimas Covas, à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, na quinta-feira (27), no qual afirmou que o governo federal teria recusado uma proposta da entidade que previa a entrega de 60 milhões de doses da Coronavac ao Programa Nacional de Imunização (PNI) até dezembro de 2020. "O caso de Serrana prova que a negligência de Bolsonaro é criminosa", finalizou a mensagem do petista.

COMENTÁRIOS dos leitores