Abraham Weintraub ganha título de 'persona non grata'

A moção é de autoria de um deputado petista

por Jameson Ramos qui, 13/08/2020 - 14:59
Marcelo Casal JR/Agência Brasil . Marcelo Casal JR/Agência Brasil

A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, por unanimidade, uma moção que concede o título de 'persona non grata' ao ex-ministro da Educação Abraham Weintraub. A moção é de autoria do deputado estadual Chico Vigilante (PT). O título é uma espécie de moção de repúdio e significa "pessoa não querida".

O parlamentar aponta que esse título, concedido nesta quarta-feira (12), é "em razão das ofensas proferidas contra a capital federal e que merecem o repúdio da sociedade brasiliense". Além disso, Chico apontou como justificativa para a 'persona non grata' as declarações do ex-ministro bolsonarista na reunião ministerial que aconteceu no dia 22 de abril. Na ocasião, Abraham disse que Brasília era "um cancro de corrupção e privilégio" e que era pior do que ele poderia imaginar.

"Brasília não pode se permitir ficar calada diante das agressões sofridas. Por essas razões, com muita justiça, o ex-ministro não merece consideração desta cidade e agora é persona non grata", escreveu Chico Vigilante em suas redes. Até o fechamento desta matéria, o ex-ministro não se posicionou sobre o título.

COMENTÁRIOS dos leitores