'Crise não sustenta o luxo da insensatez', diz Gilmar

Ministro não citou o presidente, mas pediu para que todos permaneçam em casa

qua, 25/03/2020 - 08:00
Agência Brasil/Arquivo Agência Brasil/Arquivo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes voltou a pedir que os brasileiros fiquem em casa, na noite dessa terça-feira (24), pouco mais de uma hora após o pronunciamento no qual o presidente Jair Bolsonaro, em rede nacional, criticou o fechamento de escolas e voltou a falar em histeria.

"A pandemia do #covid19 exige solidariedade e corresponsabilidade. A experiência internacional e as orientações da OMS na luta contra o vírus devem ser rigorosamente seguidas por nós. As agruras da crise, por mais árduas que sejam, não sustentam o luxo da insensatez. #FiqueEmCasa", afirmou Gilmar, em seu Twitter, sem citar o presidente.

COMENTÁRIOS dos leitores