Senador defende criação de CPI dos Tribunais Superiores

Plínio Valério afirma que não está “contestando a instituição Supremo Tribunal Federal”, mas “questionando e apontando o dedo para alguns ministros que não sabem se comportar”

Senador defende criação de CPI dos Tribunais Superiores

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) defendeu nesta terça-feira (24) em Plenário a instalação da CPI dos Tribunais Superiores, para apurar eventuais irregularidades no Judiciário. O parlamentar convocou a população para participar de uma manifestação marcada para esta quarta-feira (25), na Praça dos Três Poderes, a favor da instalação da comissão de inquérito no Senado.

Plínio afirma que não está “contestando a instituição Supremo Tribunal Federal”, mas “questionando e apontando o dedo para alguns ministros que não sabem se comportar”. Sem citar nomes, o senador criticou a decisão de um magistrado que “determinou que o aborto pode ser feito até os três meses” de gestação.

“Aqui no Senado, a gente vai à comissão, vota e traz para o Plenário. E o Plenário decide. É assim que tem que ser. E os ministros estão assim, decidem uma questão do aborto no simples gesto monocrático, no simples gesto de tirar da sua cabeça o que deve ser feito. E não é assim.  É preciso frear, é preciso mostrar. A CPI da Lava Toga vem para isso. Não há que se temer CPI. Os bons não têm o que temer”, disse o senador.

*Da Agência Senado