D’Ávila é convidada a prestar esclarecimentos na Câmara

Convite foi feito pelo deputado federal Capitão Augusto (PL)

por Pedro Bezerra Souza seg, 12/08/2019 - 20:21
Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo

A candidata à vice-Presidência nas eleições de 2018 na chapa do petista Fernando Haddad, Manuela D’Ávila (PCdoB), foi convidada pelo deputado federal Capitão Augusto (PL) para explicar sua relação com o hacker preso em Araraquara (SP).

O hacker é suspeito de invadir os celulares de membros do alto escalão do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e da força-tarefa da Lava Jato. Ele teria repassado as informações pro site The Intercept, do jornalista Glenn Greenwald, por intermédio de Manuela.

O convite do Capitão Augusto é para que Manuela seja sabatinada na Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal. De acordo com a Folha de São Paulo, o convite foi uma ordem do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que é aliado do deputado.

Ainda não há uma data para a audiência acontecer, até porque Manuela está morando fora do Brasil. O convite foi interpretado como uma “vingança” de Moro, após o PCdoB ter pedido que a Comissão de Ética Pública investigasse suspeitas de que o ministro teve acesso ao inquérito da Polícia Federal que investiga o caso dos hackers.

COMENTÁRIOS dos leitores