Governo autoriza registro de novos 51 agrotóxicos no país

Com essa nova autorização do Ministério da Agricultura, representado pela ministra Tereza Cristina, já são um total de 262 pesticidas permitidas desde o início deste ano

por Pedro Bezerra Souza seg, 22/07/2019 - 18:46
Wilson Dias/Agência Brasil O Ministério da Agricultura, comandado pela ministra Tereza Cristina, já liberou mais de 200 agrotóxicos só neste ano Wilson Dias/Agência Brasil

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), por meio do Ministério da Agricultura, aprovou nesta segunda-feira (22) o registro de mais 51 agrotóxicos. Com a medida, um total de 262 pesticidas já foram autorizados só neste ano.

Desse todo, sete são produtos formulados - que possibilitam que os agricultores possam comprar em lojas de insumos agrícolas. Entretanto, o Ministério comandado pela ministra Tereza Cristina estabelece algumas regras para uso.

Será preciso evitar a aplicação em períodos de floração das culturas e seguir as dosagens máximas do produto e de distâncias mínimas de aplicação em relação à bordadura para a proteção de abelhas sem ferrão, por exemplo.

A medida, entretanto, já causou reação nos opositores do governo. O líder da Oposição na Câmara Federal, Alessandro Molon (PSB), afirmou que essas medidas estarão levando mais veneno aos brasileiros.

“Governo da morte. Mais um ataque violento e direto de Bolsonaro contra a nossa saúde. Mais 51 agrotóxicos liberados, totalizando 262 desde janeiro! É mais veneno no seu prato e no seu copo, apenas para aumentar o lucro dos ruralistas. É assim que o governo trata a todos nós”, opinou Molon.

COMENTÁRIOS dos leitores