Marina para Bolsonaro: "Pequenas coisas, grandes estragos"

A ambientalista Marina Silva (Rede) fez críticas à afirmações de Bolsonaro quanto a medidas voltadas para o meio ambiente

qui, 11/07/2019 - 17:58
Rafael Bandeira/LeiaJá Imagens/Arquivo Marina Silva foi candidata à Presidência da República em 2018 Rafael Bandeira/LeiaJá Imagens/Arquivo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) participou nesta quinta-feira (11) de um café da manhã com a bancada evangélica e afirmou que vem conversando com governadores sobre a revisão de áreas de proteção ambiental.

O líder voltou a falar da ideia de transformar Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, em uma “Cancún” - o balneário mexicano. A fala foi feita em um discurso para deputados e senadores no Palácio do Planalto.

A ambientalista e ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva (Rede), repercutiu a fala do presidente e fez críticas à postura de Bolsonaro com relação a medidas ambientais.

“O presidente disse que é preciso fazer pequenas coisas pra ganhar o apoio da população. Repaginou o antigo slogan: ‘pequenas coisas, grandes estragos’. Tudo em nome do velho populismo de querer ter base social em prejuízo de ganhos já consolidados no país”, opinou Marina Silva.

Bolsonaro ainda mencionou que não se pode revogar por meio de decreto a criação da Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis. Entretanto, informou que tem discutido o assunto com governadores. Segundo o presidente, há um aparelhamento da legislação no Brasil que precisa ser desfeito.

COMENTÁRIOS dos leitores