"Moro e Dallagnol sabem que tudo é autêntico", diz Glenn

O jornalista Glenn Greenwald participa de audiência na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados

por Pedro Bezerra Souza ter, 25/06/2019 - 16:00
Reprodução/Facebook/Glenn Greenwald Greenwald é editor e fundador do The Intercept Brasil Reprodução/Facebook/Glenn Greenwald

O jornalista e editor do site The Intercept, Glenn Greenwald participa na tarde desta terça-feira (25) de uma audiência na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

De acordo com Greenwald, os principais envolvidos nos recentes vazamentos feitos pelo The Intercept sabem da veracidade dos fatos. “Moro e Dallagnol sabem que tudo é autêntico. Tudo o que foi divulgado é verdade e eles têm ciência disso”, garantiu o jornalista.

Ainda em sua fala inicial, o jornalista norte-americano aproveitou para ressaltar a importância do trabalho da imprensa em um país democrático. “Nosso papel enquanto jornalistas é informar o público. Tudo o que estamos fazendo tem o objetivo de informar e fortalecer a luta contra a corrupção. É impossível lutar contra a corrupção utilizando um comportamento corrupto”, defendeu Greenwald.

O convidado também falou sobre o trabalho feito pela fonte que passou as informações ao site. “No mundo democrático, não tem importância o que nossa fonte fez. Agora, eu acho que a luta contra a corrupção vai ser fortalecida e, exatamente por isso, a Constituição Brasileira garante a liberdade da imprensa”, finalizou.

Após fazer sua introdução, Glenn Greenwald responderá o questionamento de cada parlamentar inscrito na Comissão. Cada deputado terá três minutos para mostrar suas posições. A maioria dos presentes é formada por membros da Oposição.

COMENTÁRIOS dos leitores