'Não há leniência, bondade com bandido', diz Witzel no DF

O governador do Rio de Janeiro esteve no Congresso nesta tarde, onde conversou com Maia sobre propostas para a reforma da Previdência e outros projetos em tramitação

qua, 29/05/2019 - 15:48
Antonio Cruz/Agência Brasil Antonio Cruz/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou nesta quarta-feira, 29 que o Estado está atuando para combater a atuação das milícias. "Estamos prendendo os mafiosos das milícias e temos várias investigações em andamento. Não damos trégua às milícias. A milícia é tratada por nós hoje como máfia", disse. Para ele, a questão é mais grave do que se imagina, mas o governo estadual vai continuar atuando para combater a atuação de milicianos. "Não há leniência, bondade com bandido", disse.

Witzel esteve no Congresso nesta tarde, onde conversou com Maia sobre propostas para a reforma da Previdência e outros projetos em tramitação.

O governador disse ainda que os decretos editados pelo presidente Jair Bolsonaro para posse e porte de armas não farão diferença no acesso de milicianos a mais armamentos. "Eles compram armas no mercado negro. Então não interfere em nada", disse.

COMENTÁRIOS dos leitores