Joel da Harpa critica concurso do governo para mulher LGBT

Joel disse que concurso para fotógrafas 'mulheres, em especial lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais', segundo o edital, 'desrespeita a família pernambucana'

ter, 23/04/2019 - 12:47
Roberto Soares/Alepe Roberto Soares/Alepe

O deputado estadual Joel da Harpa (PP) disparou contra um concurso fotográfico aberto pela Secretaria da Mulher de Pernambuco. O edital diz que a seletiva, com inscrições até o dia 17 de maio, vai selecionar fotógrafas "mulheres, em especial lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais". Para Joel, a descrição “desrespeita” o gênero feminino e a “família pernambucana”.

“Somente em Pernambuco, a opção sexual da mulher é apresentada como condição para realização de um concurso. O objetivo é homenagear o sexo feminino ou o público LGBT? Mais uma vez, o Governo do Estado dá margem a interpretações errôneas e promove o desrespeito, desta vez, não somente com a família pernambucana, mas com todas as mulheres do Estado”, disparou o deputado.

Na ótica de Joel da Harpa, “promover um concurso como esse, definitivamente, não é o papel da Secretaria da Mulher que, como o nome já diz, é da mulher”. “Se queria promover a competição, poderia ter escolhido outra secretaria e com outra formatação. Não é preconceito da minha parte mas, enquanto parlamentar e representante do povo, é meu dever questionar”, justificou, em nota encaminhada à imprensa.

O edital do concurso foi publicado no Diário Oficial de Pernambuco no dia 13 de abril.

COMENTÁRIOS dos leitores