Vereadores vão gastar 3 milhões com auxílio e combustível

A Câmara Municipal do Recife assinou dois termos aditivos em contratos para auxílio-alimentação e combustível de parlamentares e servidores

por Taciana Carvalho seg, 21/01/2019 - 15:41
Divulgação/Câmara Municipal do Recife Divulgação/Câmara Municipal do Recife

A tão falada “crise” financeira, que sempre está nos discursos dos políticos, parece que ainda não chegou na Câmara Municipal do Recife. Neste ano, apenas com auxílio-alimentação e combustível os vereadores do Recife e servidores da Casa irão gastar R$ 3 milhões.

No aditivo contratual de auxílio-alimentação, a Câmara vai gastar R$ 117 mil reais por mês com os cartões eletrônicos do benefício, o que totaliza R$ 1, 4 milhão de reais em doze meses. Já no destinado a combustível, o gasto total previsto em 2019 será de R$ 1, 6 milhão de reais. 

Para atender as demandas dos 39 parlamentares, a Casa conta com um orçamento anual de mais de R$ 150 milhões de reais. Em 2017, os vereadores protagonizaram uma grande polêmica quando tentaram reajustar o auxílio-alimentação em 50%. Mas, após a repercussão negativa, o aumento foi revogado e o valor de R$ 3 mil reais por mês foi mantido. 

No ano passado, a Câmara também desistiu de comprar um prédio no valor de R$ 12 milhões, com dispensa de licitação, para abrigar os gabinetes dos 39 parlamentares e salas de comissões. O imóvel que seria comprado era o antigo Hotel São Domingos, localizado no bairro da Boa Vista. 

COMENTÁRIOS dos leitores