Mulher é presa por torturar filha autista de 11 anos

Os policiais tiveram conhecimento de um vídeo postado em redes sociais em que uma mulher sufocava a vítima com uma sacola na cabeça

Mulher é presa por torturar filha autista de 11 anos

Foto: Marino Azevedo/PC-RJ

Policiais civis do Rio de Janeiro prenderam, nesta segunda-feira (17), uma mãe acusada de torturar a própria filha, de 11 anos, que possui Transtorno do Espectro Autista (TEA).

As investigações começaram quando os agentes tiveram conhecimento de um vídeo postado em redes sociais em que uma mulher sufocava a vítima com uma sacola na cabeça. Nas imagens, gravadas pela própria autora, também é possível ver a criança amarrada pelas mãos e pelos pés.

Os agentes analisaram o vídeo, instauraram um inquérito e identificaram a mulher. Um mandado de prisão temporária pelo crime de tortura foi decretado pela Justiça e os policiais seguiram em diligências para prender a acusada.

Após um levantamento de informações e trabalho de inteligência, a equipe da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) localizou a mulher no município de Vassouras. Ela foi encaminhada para a delegacia e confessou o crime.

Da assessoria da PC-RJ