Papangu de Olinda: Mandante de homicídio de dono de posto é preso no Rio de Janeiro

O mandante do homicídio que vitimou dono de posto de combustível em Olinda, durante o carnaval, estava foragido no Rio de Janeiro

Papangu de Olinda: Mandante de homicídio de dono de posto é preso no Rio de Janeiro

Crime foi registrado pela câmera de segurança do local. Foto: Reprodução/redes sociais

A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta sexta-feira (14), o mandante de um homicídio na loja de conveniência de um posto de combustível em Olinda, Região Metropolitana do Recife (RMR). O suspeito estava no bairro de Vargem Pequena, na cidade do Rio de Janeiro, onde ele morava desde a época do crime. O homicídio aconteceu no dia 11 de fevereiro deste ano, durante o carnaval.

O mandante do homicídio que vitimou dono de posto de combustível em Olinda, durante o carnaval, estava foragido no Rio de Janeiro
Homem suspeito de ser o mandante do crime. Foto: Divulgação/PF

A investigação aconteceu por meio da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Pernambuco (FICCO/PE), junto com a Diretoria de Inteligência da Polícia Civil-PE (DINTEL) e a Divisão de Homicídios Metropolitana Norte (DHMN). As equipes tiveram ainda o apoio da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (DELEPAT-RJ). O Delegado da Polícia Civil, Océlio Lima Ribeiro é que vem presidindo as investigações.

As investigações apontam que o suspeito foi o mandante do crime. Ainda em março, um suspeito havia sido preso, Glaucio Pereira dos Santos, de 24 anos, apontado como possível atirador. Ele aparece na câmera de segurança do local, vestido de papangu. No mesmo mês, a polícia chegou a deter outros três homens, que teriam envolvimento no caso.

A vítima era Rafael Gonçalves Elihimas, de 34 anos, que levou cinco disparos de pistola, três deles na cabeça. O proprietário do posto tinha dois filhos, sendo uma menina de dez anos e um bebê de apenas quatro meses. De acordo com as investigações, o empresário sofria de extorsões de um grupo de crime organizado no bairro do Varadouro, em Olinda.

No entanto, o suspeito preso no Rio de Janeiro não estava sozinho. Outro homem, conhecido pelo apelido de Balaquinha, estava com ele, e tinha um mandado de prisão expedido pela Justiça Estadual de Olinda. Porém, ele conseguiu fugir do local, apesar de ter sofrido alguns machucados ao cair da caixa de ar-condicionado por onde escapou. As equipes policiais do Rio de Janeiro estão, portanto, em diligências objetivando também realizar a sua captura.