Frio dura a semana toda em SP? Vai chover mais no RS? Veja a previsão do tempo para todo o País

De acordo com o CGE, a frente fria que chegou a São Paulo neste domingo deve provocar chuvas generalizadas, rajadas de vento e mais frio ao longo da semana

Frio dura a semana toda em SP? Vai chover mais no RS? Veja a previsão do tempo para todo o País

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Este domingo (26) gelado em São Paulo serve de prévia para o inverno típico anunciado pelo Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticos (CGE) da Prefeitura. Apesar de a troca de estação só acontecer em 20 de junho, os termômetros já começaram a baixar na capital e no Estado neste fim de semana. Mas, como fica o tempo nos próximos dias?

De acordo com o CGE, a frente fria que chegou a São Paulo neste domingo deve provocar chuvas generalizadas, rajadas de vento e mais frio ao longo da semana. “A atuação de uma massa de ar polar diminui ainda mais as temperaturas, com as madrugadas mais frias previstas para o decorrer da semana”, diz o órgão da Prefeitura.

A previsão da empresa de meteorologia Climatempo é de subida leve da temperatura nesta segunda-feira (27), mas um clima ainda gelado. A mínima passa de 13ºC neste domingo, para 14ºC amanhã. Já a máxima sobe de 16ºC para 20ºC.

O tempo chuvoso dura até terça, 28, quando as nuvens começam a sumir durante a tarde e o sol aparece um pouco mais forte. Não há previsão de chuva até domingo. No sábado, os termômetros sobem um pouco mais: mínima de 14ºC e máxima de 27ºC.

A Prefeitura diz que acionará a Operação Baixas Temperaturas (OBT) a partir desta segunda, 27, sempre que os termômetros atingirem 13ºC ou menos. Serão montadas tendas para distribuição de cobertas e sopas para pessoas em situação de rua durante a noite.

Confira as mínimas e máximas esta semana na capital paulista:

Segunda-feira, 27: mínima de 14ºC e máxima de 20ºC, com chuva a qualquer hora;

Terça-feira, 28: mínima de 14ºC e máxima de 21ºC, com possibilidade garoa de manhã;

Quarta-feira, 29: mínima de 12ºC e máxima de 19ºC, sem chuva;

Quinta-feira, 30: mínima de 13ºC e máxima de 19ºC, sem chuva;

Sexta-feira, 31: mínima de 13ºC e máxima de 21ºC, sem chuva;

Sábado, 1º de junho: mínima de 14ºC e máxima de 27ºC, sem chuva;

Domingo, 2 de junho: mínima de 16ºC e máxima de 27ºC, sem chuva.

Litoral e interior paulistas

No litoral paulista, chove a semana toda, exceto no sábado, 1º, e domingo, 2, no Guarujá, na Baixada Santista, e em Ubatuba, ao norte do Estado. Ambas cidades têm previsões de mínimas e máximas parecidas com as da capital, conforme a Climatempo.

No interior, a chuva também dura até sexta, 31, em Araraquara. A mínima é de 18ºC e a máxima de 23ºC na terça, 28, e de 18ºC e 25ºC no sábado na cidade do centro do Estado.

Já em Ribeirão Preto, a chuva é interrompida na quarta e os termômetros ficam mais elevados no fim da semana: mínima de 16ºC e máxima de 29ºC no sábado.

Passagem de ciclone no Rio grande do Sul

De acordo com boletim meteorológico divulgado pela empresa MetSul neste domingo a previsão é de mais chuva no Rio Grande do Sul no início da semana. Um ciclone extratropical começa a se formar nesta segunda e deve trazer, além de temporais em algumas regiões do sul e leste do Estado, vento forte e ressaca no mar.

A chuva forte não deve atingir, no entanto, os pontos mais críticos de alagamento no estado. E nem deve ter volume de água suficiente para aumentar alagamentos já existentes.

“Não causará um repique significativo de cheia nos rios que cortam os vales, no Jacuí e, por efeito, no Guaíba”, diz a MetSul. “Onde mais deve chover é nas bacias dos rios Gravataí, Sinos e nascentes do Caí, mas sem volumes que causem uma grande cheia.”

A empresa de meteorologia aponta ainda que, após o ciclone, a situação deve melhorar. “Este tipo de sistema (ciclone) costuma impulsionar ar seco para o Rio Grande do Sul quando começa a se afastar. Por isso, passada a instabilidade deste início de semana, que não vai trazer novas enchentes de rios nos locais já castigados.”

De acordo com a empresa, o fim da passagem do ciclone vai garantir vários dias seguidos sem chuva volumosa, o que pode colaborar para a baixa do nível dos rios alagados. A chuva se afasta e o sol começa a aparecer com maior intensidade no estado entre quinta e sexta-feira.

Demais regiões do Brasil

Confira a previsão do tempo da empresa de meteorologia parceira do Estadão, Meteoblue, para algumas das capitais brasileiras nesta semana:

Porto Alegre (RS): tempo ameno com chuva moderada. Máxima de 19°C e mínima de 10ºC:

Curitiba (PR): tempo ameno com chuva fraca. Máxima de 21°C e mínima de 6ºC;

Rio de Janeiro (RJ): tempo quente com chuva fraca. Máxima de 28°C e mínima de 19ºC;

Belo Horizonte (MG): tempo quente com chuvisco. Máxima de 28°C e mínima de 17ºC;

Cuiabá (MT): tempo quente e sem chuva. Máxima de 33°C e mínima de 14ºC;

Brasília (DF): tempo ameno e sem chuva. Máxima de 27°C e mínima de 14ºC;

Salvador (BA): tempo quente com chuvisco. Máxima de 28°C e mínima de 23ºC;

Maceió (AL): tempo quente com chuva fraca. Máxima de 29°C e mínima de 22ºC;

Fortaleza (CE): tempo quente com chuva fraca. Máxima de 31°C e mínima de 25ºC;

Belém (PA): tempo muito quente com chuva fraca. Máxima de 33°C e mínima de 25ºC;

Manaus (AM): tempo quente com chuva fraca. Máxima de 31°C e mínima de 25ºC.