Brasil suspende uso de Boeing que perdeu janela em voo

Na última sexta-feira, um painel da estrutura da cabine do avião explodiu e abriu em pleno ar, obrigando o piloto a fazer um pouso de emergência com 171 passageiros e seis tripulantes

Brasil suspende uso de Boeing que perdeu janela em voo

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciou neste domingo (7) a suspensão do uso da aeronave Boeing 737 Max 9 no Brasil, após um incidente em um voo da Alaska Airlines nos Estados Unidos.

Na última sexta-feira (5), um painel da estrutura da cabine do avião explodiu e abriu em pleno ar, obrigando o piloto a fazer um pouso de emergência com 171 passageiros e seis tripulantes a bordo.

A decisão será aplicada em território nacional após as autoridades norte-americanas decretarem um veto imediato ao modelo. Segundo o órgão federal, o avião é usado em voos internacionais no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, pela Copa Airlines.

“A empresa aérea já anunciou a suspensão das atividades com a aeronave para a revisão técnica necessária até que haja a liberação para retorno ao serviço”, declarou a Anac em nota.

O comunicado destaca ainda que “a empresa está trabalhando para minimizar os impactos para os passageiros e a Anac monitora esse processo”.

“A Diretriz de Aeronavegabilidade da Federal Aviation Administration (FAA), autoridade de aviação dos Estados Unidos, emitida em relação à aeronave Boeing 737 MAX 9 determinou a suspensão imediata das operações com o modelo, o que se aplica automaticamente também às operações no Brasil”, acrescentou a Anac.

Da Ansa