Ciclone extratropical pode chegar ao Sul do país no Natal

Alerta foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia

Ciclone extratropical pode chegar ao Sul do país no Natal

Um novo ciclone extratropical deve atingir o Sul do País na véspera deste Natal, segundo alerta emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta sexta-feira, 22. As áreas de instabilidade, causadas pelo calor e pela alta umidade, podem ocasionar tempestades, já neste sábado, 23, no norte gaúcho, em Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e parte do Sudeste, incluindo o Estado de São Paulo.

Em setembro deste ano, um ciclone atingiu cerca de 70 municípios gaúchos e causou mais de 50 mortes, deixando quase 5 mil desalojados ou desabrigados.

Conforme o Inmet, este padrão meteorológico antecede a formação de um ciclone extratropical e a passagem de uma frente fria entre o fim do domingo e o decorrer da segunda-feira, 25, pela Região Sul do País. A previsão indica risco de chuva forte, ventos acima de 70 quilômetros por hora e queda de granizo.

Ainda segundo o instituto, ligado ao Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), a formação de um ciclone extratropical entre o Uruguai e o sul do Rio Grande do Sul se inicia no fim de domingo e, principalmente, na madrugada de segunda.

O fenômeno se intensifica sobre o Oceano Atlântico, na costa gaúcha. “A convergência de umidade associada ao processo de formação deste sistema e os encontros de ventos quentes e úmidos de norte e mais frios do sul dão origem à formação de áreas de instabilidade sobre grande parte da Região Sul, com previsão de chuvas intensas, rajadas de vento e queda de granizo”, diz o alerta do Inmet.

As rajadas de vento podem ficar entre 80 e 100 quilômetros por hora na faixa leste do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, entre a noite de segunda e a manhã de terça-feira, 26. Neste dia, na faixa leste da Região Sul e nos Estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, haverá ventos fortes. Enquanto o ciclone se desloca sobre o oceano, um sistema de alta pressão, com vento frio e seco, favorece a queda nas temperaturas nos três estados do Sul, em Mato Grosso do Sul e leste da Região Sudeste, incluindo parte de São Paulo.

Em Santa Catarina, o meteorologista Caio Guerra, da Defesa Civil estadual, alertou nesta sexta para o tempo instável no fim de semana, com risco de temporais acompanhados de rajadas de vento e raios. “Estas condições podem provocar transtornos como destelhamentos, quedas de árvores e danos na rede elétrica, assim como alagamentos e enxurradas pontuais”, disse. O alerta incluiu a Grande Florianópolis e o Vale do Itajaí.