Tradicionais cabbies, os táxis de Londres, entram no Uber

Um porta-voz do Uber afirmou que um “pequeno número” de taxistas já se cadastraram na plataforma, mas a empresa espera recrutar “várias centenas” antes de janeiro

Alguns dos famosos táxis pretos de Londres, conhecidos como ‘cabbies’ vão poder ser reservados no aplicativo Uber a partir de janeiro, anunciou a empresa americana nesta quarta-feira (29).

“O aplicativo Uber se abre ao icônico táxi londrino”, escreveu, em nota, a empresa de San Francisco.

Um porta-voz do Uber afirmou que um “pequeno número” de taxistas já se cadastraram na plataforma, mas a empresa espera recrutar “várias centenas” antes de janeiro.

Em Londres, os emblemáticos táxis pretos costumam ser chamados diretamente na rua, mas também podem ser reservados com antecedência.

Taxistas de Paris, Nova York, Roma e outras cidades renomadas já fazem viagens chamadas pela plataforma, acrescenta o Uber.

A plataforma lançou seus serviços em Londres há mais de uma década e afirma que, desde então, realizou mais de um bilhão de viagens na capital britânica.

O Uber sofreu forte oposição dos 19.000 tradicionais táxis londrinos.

Para poder trabalhar, os motoristas destes táxis devem memorizar todas as ruas do centro de Londres em um raio de 10 km, em um teste chamado ‘The Knowledge’ (O Conhecimento).

Os taxistas acusam o Uber de minar os preços, os direitos dos trabalhadores e as normas de segurança.

“Não acreditamos que nossos membros vão aderir ao aplicativo, em vista de seu desempenho pobre, bem documentado em tudo, da segurança dos passageiros aos direitos dos trabalhadores em Londres”, afirmou Steve McNamara, secretário-geral da associação de taxistas da capital.

Em sua opinião, o Uber lança este iniciativa para “reforçar um modelo comercial em dificuldades”.