Crianças morrem afogadas em lagoa no Agreste de Pernambuco

Entre as vítimas, três eram da mesma família, sendo duas adolescentes e um menino de quatro anos

Crianças morrem afogadas em lagoa no Agreste de Pernambuco

Duas crianças e dois adolescentes morreram vítimas de afogamento em Capoeiras, no Agreste de Pernambuco, na tarde dessa quinta-feira (2). O grupo tomava banho na Lagoa do Junco, em um sítio da zona rural da cidade, quando o incidente ocorreu. Ainda não é possível apontar a causa dos afogamentos. Uma quinta criança, que presenciou as mortes, passou mal e precisou de atendimento médico, mas passa bem. A Polícia Civil investiga o caso. 

As vítimas foram identificadas como Pedro Lucas Silva Almeida, de 4 Anos, Carlos Daniel Oliveira Santos, de 9 anos, Sara Vitória Cristina da Silva, de 13 anos, e Joanna Beatriz Silva Lima, de 14 anos. Sara e Joanna eram irmãs e também tias de Pedro Lucas. 

Em nota, a Polícia Civil confirmou a ocorrência e informou que as crianças brincavam e pescavam sozinhas no açude, quando a tragédia aconteceu. O caso é investigado pela 18ª Delegacia de Garanhuns, que disse estar “empenhada na realização de diligência”. 

Os corpos das duas crianças e dos dois adolescentes foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. A Secretaria Municipal de Educação lamentou as mortes e prestou condolências aos familiares. As vítimas estudavam em creches e escolas da rede municipal de ensino.