MPPE cumpre mandados para apurar chacina em Camaragibe

Policiais militares teriam executado cinco integrantes da mesma família durante as buscas a um suspeito de matar dois policiais

MPPE cumpre mandados para apurar chacina em Camaragibe

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) cumpriu mandados de busca e apreensão para apurar o envolvimento de policiais militares na morte da família de Alex Samurai, suspeito de matar dois integrantes da corporação. Entre os dias 14 e 15 de setembro, cinco pessoas da mesma família foram executadas nas cidades de Camaragibe e Paudalho.

A resposta da Promotoria de Justiça Criminal de Camaragibe contou com o apoio da Corregedoria da Secretaria de Defesa Social. “Dada a complexidade dos fatos, a partir de Procedimento de Investigação Criminal específico, sob sua presidência, foram requeridas medidas cautelares ao Poder Judiciário a fim de possibilitar uma compreensão mais aprofundada de como os fatos ocorreram e de quem deles, em tese, teve alguma participação”, aponta em nota.

Os alvos da operação e o número de ordens judiciais não foram revelados pelo MPPE. “Em face do sigilo sob o qual tramitam as diligências, não há possibilidade de serem divulgadas maiores informações”, se limitou no comunicado.

LeiaJá também:

–> Homem que matou PMs não tinha antecedentes criminais

–> Chacina de Camaragibe: entenda a linha do tempo dos fatos