Brasileiro desaparecido em Israel é encontrado morto

Ranani Glazer estava na rave Universo Paralelo, que foi invadida por homens armados do Hamas, no sábado

Brasileiro desaparecido em Israel é encontrado morto

O corpo do gaúcho Ranani Glazer, de 24 anos, foi encontrado pelo Exército de Israel na noite dessa segunda (9). Ele estava na rave Universo Paralelo, que foi invadida por homens armados do Hamas, no sábado (7), no deserto de Negev, no Sul do país, a menos de 20 quilômetros de Gaza.

Ranani e outras pessoas conseguiram fugir logo após a invasão e se abrigaram em um bunker. Antes de desaparecer, ele publicou um vídeo nas redes sociais em que relatou sobre a fuga. Ele morava há sete anos em Israel e chegou a prestar serviço no Exército local.

“No meio da rave a gente parou num bunker, começou uma guerra em Israel, pelo menos a gente está num bunker agora, seguro. Vamos esperar dar uma baixada nisso, mas, cara, foi cena de filme agora, a gente correndo quilômetros para achar um lugar para se esconder”, disse antes de desaparecer.

A tia Karen confirmou ao Globo que o exército israelense foi até a casa do irmão, o pai de Ranini, em Israel, para informar sobre a morte. Ao menos 260 corpos foram encontrados no local da rave.

O presidente Lula prestou solidariedade aos familiares e amigos em um comunicado nas redes sociais.

[@#podcast#@]