Lula: ministro do Planejamento deve ser afinado com Haddad

“Já poderia ter indicado Planejamento hoje, mas se não vocês não terão notícia na segunda, terça-feira”, disse Lula, emendando que não deve haver divergências entre Fazenda e Planejamento

Após anunciar o ministro da Fazenda e ser questionado sobre o perfil de quem irá comandar o Planejamento, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira, 9, que o futuro escolhido terá de ser “bastante afinado” com Fernando Haddad. “Já poderia ter indicado Planejamento hoje, mas se não vocês não terão notícia na segunda, terça-feira”, disse Lula, emendando que não deve haver divergências entre Fazenda e Planejamento.

“Perfil do Ministério do Planejamento será de um cara que esteja apto para cuidar do orçamento, bastante afinado com o Ministério da Fazenda. É preciso que trabalhem e pensem juntos para que não haja divergências entre eles”, afirmou Lula.

Reforçando que na próxima semana irá indicar outros ministros – mais do que os anunciados nesta sexta -, o presidente eleito apontou que precisa definir a quantidade de ministérios e secretarias de seu futuro governo.

“Vamos tratar com muito carinho, tenho que definir a quantidade de ministérios e secretarias e vou anunciar governo e em sua plenitude”, disse Lula.