Dois acidentes rodoviários deixam 34 mortos na Turquia

O ministro da Justiça, Bekir Bozdag, anunciou a abertura de uma investigação do gabinete do procurador-geral de Derik sobre o duplo acidente

sab, 20/08/2022 - 20:22
- Reprodução de imagem de vídeo mostra um caminhão após a colisão em Derik, Turquia, em 20 de agosto de 2022 -

Ao menos 34 pessoas morreram e cerca de 60 ficaram feridas neste sábado (20) no sudeste da Turquia em dois acidentes rodoviários, ocorridos com poucas horas de diferença.

No primeiro acidente, um ônibus bateu em uma ambulância, um caminhão dos bombeiros e um veículo com uma equipe de jornalistas na estrada entre Gaziantep e Nizip, deixando 15 mortos e 31 feridos, segundo o governado da província de Gaziantep, que horas antes havia reportado 16 vítimas fatais.

Três trabalhadores de saúde, três bombeiros e dois jornalistas da agência turca Ilhas estão entre as 15 vítimas fatais, segundo veículos de comunicação locais.

Imagens divulgadas pela agência turca DHA mostraram a parte traseira da ambulância parcialmente arrancada e o ônibus virado de lado, com a parte da frente destruída.

O motorista do ônibus que provocou o acidente múltiplo está sendo interrogado pelos gendarmes da província de Gaziantep para esclarecer o ocorrido, segundo a DHA.

- Caminhão sem freios -

Poucas horas depois, um caminhão que perdeu os freios atropelou uma multidão da cidade de Derik, 250 km a leste do primeiro acidente, matando 19 pessoas e ferindo 26, informou o ministro turco da Saúde, Fahrettin Koca.

"O número de pessoas que pederam a vida no acidente (...) infelizmente subiu para 19. O número de feridos é de 26, incluídos seis em estado grace", informou o ministro no Twitter, atualizando o balanço anterior de 16 mortos.

"O acidente foi provicado pelo rompimento dos freios de um caminhão, que atropelou uma multidão em Derik", província de Mardin, destacou o ministro na mesma rede social.

Vídeos publicados pela mídia turca mostram o momento em que o motorista do caminhão perde o controle do veículo e arrasta pela frente a toda velocidade os veículos que estavam em seu caminho e pedestres em pânico.

A agência oficial turca Anadolu reportou que pouco antes havia ocorrido no mesmo local um acidente entre três veículos e que as equipes de emergência estavam ainda no local do acidente quando o caminhão atropelou a multidão.

O ministro da Justiça, Bekir Bozdag, anunciou a abertura de uma investigação do gabinete do procurador-geral de Derik sobre o duplo acidente, segundo a Agência Anadolu.

"Desejo misericórdia (...) a nossos cidadãos que perderam a vida (...) Todos os nossos meios estão mobilizados", tuitou o ministro, desejando a "pronta recuperação dos feridos".

O ministro do Interior, Suleyman Soylu, tinha previsto ir até o local dos fatos na noite deste sábado, representando o presidente Recep Tayyip Erdogan, noticiou a Agência Anadolu.

COMENTÁRIOS dos leitores

-->