​Acusada de racismo, Reserva tira boneco preto de loja

Um manequim foi colocado na parte da frente da loja como se estivesse quebrando o vidro do estabelecimento para entrar

qui, 17/02/2022 - 16:38
Reprodução Vitrine da Loja Reserva na Bahia, acusada de racismo Reprodução

  Depois de ser acusada de racismo, a grife Reserva retirou um manequim preto que foi colocado na frente da unidade localizada no Barra Shopping, em Salvador, Bahia. O boneco foi colocado como se estivesse quebrando a vidraça para entrar na loja.  Desde o início da semana que as imagens do manequim "invadindo" a Reserva estão viralizando nas redes sociais.

Boa parte da população preta associou a "ação de marketing" como um gesto de racismo da Reserva e questionou porque a loja não escolheu um manequim branco. 

Confira alguma postagens do Twitter 

https://twitter.com/wesleyteixeiras/status/1494140756143001603?troperty="dc:date dc:created" content="2022-02-17T16:38:45-03:00" datatype="xsd:dateTime">qui, 17/02/2022 - 16:38
Reprodução Vitrine da Loja Reserva na Bahia, acusada de racismo Reprodução

  Depois de ser acusada de racismo, a grife Reserva retirou um manequim preto que foi colocado na frente da unidade localizada no Barra Shopping, em Salvador, Bahia. O boneco foi colocado como se estivesse quebrando a vidraça para entrar na loja.  Desde o início da semana que as imagens do manequim "invadindo" a Reserva estão viralizando nas redes sociais.

Boa parte da população preta associou a "ação de marketing" como um gesto de racismo da Reserva e questionou porque a loja não escolheu um manequim branco. 

Confira alguma postagens do Twitter 

https://twitter.com/wesleyteixeiras/status/1494140756143001603?t=0yonfxXPpo1QBIk72Qfs-A&s=19; https://twitter.com/atalitapaiva/status/1493990363366891521?t=bJze6uLXuRSpqReuHOMOVg&s=19 ; https://twitter.com/MulheresPT/status/1494343320646168588?t=Bz9fcKi-9-hWzP0RmJ5lCg&s=19
Embed:
  

COMENTÁRIOS dos leitores