PM faz campanha para adoção de cães aposentados

Essa é a primeira vez que a CIPCães faz uma campanha nas redes sociais de adoção dos cães aposentados da companhia

qui, 25/11/2021 - 12:03
Divulgação/Polícia Militar Ao todo, 12 cachorros foram colocados para adoção Divulgação/Polícia Militar

A Companhia Independente de Polícia com Cães (CIPCães) está lançando uma campanha intitulada “Adote um Herói”. O objetivo é conseguir um lar para os cachorros da Polícia Militar (PM) que estão aposentados.

“Depois de anos servindo à sociedade, agora eles precisam de um lar para descansar”, diz a mensagem divulgada nas redes sociais da companhia. Ao todo, 12 cães estão disponíveis, e nove já têm interessados que deram entrada no  processo para adotar.

Os cães são da raça pastor alemão e pastor-belga-malinois. Eles têm 10 anos de idade e uma expectativa de vida entre 15 e 16 anos.

Segundo o comandante da CIPCães, major André Pantaleão, essa é a primeira vez que é feita uma campanha com ampla divulgação. “Desde 2017 existe um suplemento normativo do Comando Geral que permite essa adoção dos cães e cavalos da PM. Normalmente, os próprios policiais vinham aqui e adotavam os cães. Aí tivemos a ideia de socializar isso, uma vez que o item 5 do suplemento fala que o público geral também tem direito, cumprindo os critérios, de adotá-los”, diz.

 O major destaca que, apesar da maioria dos animais já ter interessados, a população ainda pode procurar a companhia para adotar esses animais, pois há uma série de requisitos que os candidatos precisam preencher. Por exemplo, é necessário assinar um termo de responsabilidade e uma autorização para acompanhamento permanente do animal, permitindo que uma equipe multidisciplinar faça visitas regulares para verificar o condicionamento físico, clínico e psicológico do cão. “Se houver desacordo com alguns dos critérios, o animal pode ser removido da pessoa, trazido ao seio da unidade para iniciar um novo processo de adoção”, explica o major.

Além disso, o suplemento normativo estabelece uma lista de prioridade. Os candidatos prioritários são entidades do Poder Executivo do Estado, seguidos do próprio adestrador do cão, instituições e clubes da polícia, integrantes das Polícias Civil, Militar e Penal, instituições filantrópicas e, por fim, a população geral. 

Os interessados devem entrar em contato com a CIPCães por meio do perfil oficial no Instagram, pelo telefone 3181-3641 ou na sede da companhia, na Avenida Hildebrando de Vasconcelos, sem número, no bairro de Dois Unidos, Zona Norte do Recife.

COMENTÁRIOS dos leitores