Violência armada atingiu 3 idosos por mês na RMR em 2021

Foram 23 ocorrências registradas neste ano no Grande Recife com vítimas acima de 60 anos

Violência armada atingiu 3 idosos por mês na RMR em 2021

Uma média de três idosos foram baleados por mês na Região Metropolitana do Recife (RMR) em 2021, segundo levantamento do Instituto Fogo Cruzado. O levantamento também mostra que 74 idosos, ou seja, pessoas com 60 anos ou mais, foram alvejadas desde o início do monitoramento em Pernambuco, em 2018.

Em 2021, foram 24 pessoas da terceira idade vítimas de arma de fogo. A quantidade já é quase a mesma registrada em todo o ano de 2020, quando o levantamento identificou 25 idosos baleados. O número de mortos desse perfil já é pior neste ano, com 14 óbitos contra 13 no ano anterior.

Execuções e homicídios lideram os motivos de tiros e mortes, que deixaram 11 vítimas no total, além de oito feridos em tentativas de homicídio. Roubos e tentativas contabilizaram cinco baleados, com três mortes.

Segundo o Fogo Cruzado, seis pessoas da terceira idade foram baleadas dentro de casa. Os homens foram os mais afetados pela violência armada nessa faixa etária, totalizando 75% das vítimas.

 Mais da metade dos idosos baleados na RMR foram atingidos na capital. Houve 14 vítimas no Recife, e em seguida Cabo de Santo Agostinho (3) e Jaboatão dos Guararapes (3), Goiana (2), Olinda (1) e Paulista (1).