Gripe: PE segue com a vacinação dos grupos prioritários

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a cobertura vacinal, até agora, é de apenas 39,2%. Prefeitura do Recife já anunciou a prorrogação da campanha

por Kauana Portugal qua, 07/07/2021 - 12:04
Pixabay Profissional de saúde aplica dose de vacina Pixabay

Embora o Ministério da Saúde tenha autorizado os estados e municípios a ampliarem a vacinação contra a Influenza (gripe) para toda a população do país, o governo de Pernambuco optou por seguir com a imunização dos grupos prioritários já em curso nos postos de saúde do estado. Em um boletim divulgado nesta terça-feira (6), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) enfatizou que, até o momento, 1.427.012 doses da vacina contra a gripe foram aplicadas, o que representa uma cobertura de apenas 39,2%.

Ainda de acordo com a SES, o Ministério da Saúde preconiza que 90% da população considerada prioritária receba o imunizante. Desta maneira, podem se vacinar os trabalhadores da saúde, povos indígenas, crianças entre 6 meses e 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram bebê há até 45 dias), professores, idosos (com mais de 60 anos), pessoas com comorbidades e com deficiência permanente, trabalhadores portuários e de transporte coletivo rodoviário de passageiros, trabalhadores de força de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Também por recomendação do Ministério da Saúde, a vacina contra a Covid-19 deve ser priorizada e, por isso, é indicado que as pessoas dos grupos elegíveis concluam o esquema vacinal antes de receber a vacina contra influenza. Além disso, deve ser respeitado um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas contra Covid-19 e gripe.

Recife

Na capital pernambucana, as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários da vacinação contra gripe têm até o dia 8 de agosto para receber a imunização. A campanha seria finalizada nesta sexta-feira (9), mas foi prorrogada devido à baixa cobertura. Segundo a Prefeitura do Recife, a cidade atingiu 52% da meta de 90% de cobertura vacinal estipulada pelo Ministério da Saúde. 

Somando todo o público-alvo, de todas as etapas da campanha, ainda restam mais de 510 mil pessoas aptas para serem imunizadas na capital. A vacina contra gripe é oferecida em mais de 150 postos da Secretaria de Saúde, de segunda a sexta, entre 8h e 17h, e também em três pontos volantes da cidade: Parque Dona Lindu (Boa Viagem), Sítio Trindade (Casa Amarela) e no Pátio do Carmo (bairro de Santo Antônio).

No Dona Lindu e no Sítio Trindade, a vacinação ocorre de domingo a domingo. O ponto montado no Pátio do Carmo funciona de segunda a sábado, já que no domingo este ponto é deslocado para o Marco Zero (Bairro do Recife). Todos os locais têm o mesmo horário de funcionamento, das 8h às 17h. 

Para agilizar a vacinação, a Secretaria de Saúde do Recife (SESAU) recomenda que os usuários levem um documento de identificação, a carteira de vacinação e o cartão SUS (se tiverem esses dois últimos). Parte do público-alvo precisa apresentar também documentos que provem a necessidade da imunização. Os profissionais das redes públicas e privadas de saúde, por exemplo, devem levar comprovantes laborais, como crachás ou carteira de trabalho.

COMENTÁRIOS dos leitores