MPPE recomenda à Prefeitura de Olinda não vacinar imprensa

Prefeitura de Olinda havia anunciado nesta quarta-feira (9) vacinação da categoria

por Luan Amaral qui, 10/06/2021 - 19:53
Júlio Gomes/LeiaJáImagens/Arquivo Decisão acontece um dia depois de Olinda anunciar vacinação para jornalistas Júlio Gomes/LeiaJáImagens/Arquivo

O Ministério Público de Pernambuco através da Promotoria de Justiça Social recomendou que a prefeitura de Olinda não inicie a vacinação para a imprensa com o argumento de que a categoria não está inserida como prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI). A decisão desta quinta-feira (10) vem um dia após o prefeito Lupércio anunciar o início das vacinas para o grupo.

O MPPE ainda alegou que além de não constar no PNI a imprensa também está ausente na Comissão Intergestora Bipartite que toma decisões a nível estadual com a participação das secretarias de saúde dos municípios. O despacho foi feito pela 2ª promotora de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda, Maísa Silva Melo de Oliveira.

A prefeitura de Olinda já foi notificada da decisão e afirmou que mesmo considerando a função dos jornalistas como essencial vai cumprir a norma e excluir todos os agendamentos dos profissionais da imprensa que iriam tomar a vacina. 

COMENTÁRIOS dos leitores