Covid: Paulo Câmara vai discutir restrições para o Agreste

Alta de casos da doença na região preocupa o Governo do Estado, que quer reunião com os prefeitos

qui, 13/05/2021 - 17:58
Arte/LeiaJá Redes de saúde da quarta e da quinta gerências regionais encontram-se bastante pressionadas. Arte/LeiaJá

 Durante coletiva de imprensa realizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Ses-PE) nesta quinta (13), o secretário André Longo informou que o governador Paulo Câmara solicitou à presidência da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) uma reunião com os municípios que integram a quarta e a quinta gerências de saúde. O governo do Estado vê com preocupação a alta de casos de Covid-19 no Agreste e analisa a possibilidade de adoção de medidas específicas na região.

De acordo com Longo, na comparação entre as semanas epidemiológicas de número 17 e 18, Pernambuco registrou 69 solicitações a mais por leitos de UTI. “Este aumento foi impactado fortemente pela situação da segunda macrorregião de Saúde, o Agreste, que é a região que mais nos preocupa atualmente. Nas duas últimas semanas, tivemos aumento de 9,3% quando comparamos uma semana e de 44,5% quando comparamos 15 dias na região, enquanto o crescimento na média do estado foi de 6,1% [na comparação entre semanas] e algo em torno de 13,8% quando comparamos 15 dias no estado inteiro”, comentou o secretário.

Assim, segundo Longo, as redes de saúde da quarta e da quinta gerências regionais encontram-se bastante pressionadas. “Hoje, o governador Paulo Câmara solicitou à presidência da Amupe que nós marcássemos uma reunião amanhã, com os prefeitos da quarta e quinta região de saúde, para discutir essa situação e avaliar medidas. Essa reunião deverá ocorrer amanhã e informaremos posteriormente sobre as deliberações que serão tratadas”, concluiu.

COMENTÁRIOS dos leitores