Após 2 anos, vídeo de homicídio de PM do PI é divulgado

Imagens fortes: cabo Samuel de Sousa Borges foi morto por outro militar, Francisco Ribeiro dos Santos Filho, em briga de trânsito

ter, 02/02/2021 - 17:47

Dois anos depois do homicídio do cabo Samuel Souza Borges em uma briga de trânsito, no Piauí, sua família resolveu revelar o vídeo da ocorrência, gravado pela própria vítima. Nas imagens, é possível ver que Francisco Ribeiro dos Santos Filho, policial militar do Maranhão, está armado com uma pistola e ameaça Samuel, que estava indo deixar seu filho na escola. No vídeo, é possível escutar o barulho dos três disparos, que atingiram mão, peito e cabeça do cabo.

Em entrevista ao G1, a mãe da vítima, Isabel Borges, comentou que divulgar as imagens é uma forma de pedir justiça. A família cobra celeridade no julgamento e expulsão de Francisco Ribeiro da Polícia Militar do Maranhão. "Divulgar o vídeo foi um pedido de justiça. É um cúmulo uma situação dessa. Alguém que tirou a vida de quatro pessoas continuar como servidor público, recebendo salário e nunca foi julgado por nenhum dos crimes. Meu filho era justo, gostava de justiça. Nosso sentimento é de indignação e saudade", lamentou Isabel.

As ia8 mmagens mostram o momento em que o PM do Piauí pede para que o soldado encoste sua moto, ameaçando denunciá-lo para a corregedoria de polícia. Francisco Ribeiro estaria em atitude suspeita, em um veículo sem placa, portando armas. Depois do homicídio, o soldado foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil, segundo inquérito do DHPP. Ele chegou a ser preso, mas foi solto em outubro de 2019, aguardando julgamento no Tribunal do Júri, ainda sem data prevista.

Embed: