5 efeitos positivos da arte sobre a saúde mental

De expressão à manutenção da autoestima, a arte traz diversos benefícios

por Junior Coneglian sex, 16/10/2020 - 16:38

Cientificamente comprovado que a arte que é capaz de gerar diferentes efeitos no corpo, sua prática viva auxilia no desenvolvimento de diferentes aspectos físicos e mentais. O LeiaJá separou os efeitos positivos que a arte pode fazer na saúde mental.

1 – Criatividade diária

Seja criando fisicamente uma arte ou, graças à era digital, cuidando do feed do Instagram visando a um objetivo estético, ou apenas apreciando um anúncio que chamou a atenção, há criatividade em todos os aspectos da vida diária. Edward Hopper (1882-1967), um artista americano que trabalhou na primeira metade do século 20, capturou cenas da vida cotidiana em suas pinturas. No quadro Automat, uma mulher se senta sozinha e aprecia uma xícara de café. Sendo a rotina dos indivíduos um tema intrigante para diversos artistas.

2 – O efeito transformador da arte

De acordo com o DailyArt Magazine, "durante esse processo de olhar verdadeiramente para a arte, somos transformados e levados para outro lugar, um lugar fora da realidade’’. Essa experiência mentalmente transformadora tem um impacto físico no bem-estar. A experiência de olhar pode ser interativa, sensorial, cognitiva ou emocional, agregando efeitos a longo prazo para quem o pratica. "Ter acesso à arte e alimentar esse tipo de atividade pode alterar permanentemente a forma que as pessoas enxergam o mundo e a si próprio’’, comenta a psicóloga Ana Carolina Boian.

3 – Arte como terapia

A arteterapia vem se tornando uma forma frequentemente usada de psicoterapia para encorajar a expressão e a comunicação. Destinado a pessoas que lutam com problemas emocionais ou comportamentais, o processo de criação de arte ajuda a processar sentimentos ao mesmo tempo que reduz o estresse e a ansiedade. ‘’Também auxilia na manutenção da autoestima’’, comenta a psicóloga.

4 – Encarar a pintura como forma direta de expressão

Famoso por seu pioneirismo no expressionismo abstrato, a técnica desenvolvida por Jackson Pollock (1912-1956) exemplifica a forma que a arte pintada serve como expressão. Segundo o Artsy, ‘’ele usava toda a força de seu corpo para jogar tinta em telas enormes.’’.

5 – Atenção depositada ao visitar um museu

A atmosfera tranquila dos museus não é à toa. Ficar diante de uma tela ou pintura pode transportar a mente de quem observa para novos lugares. Sobre seu benefício à saúde mental, Boian comenta que ‘’este efeito proporciona uma distração da vida cotidiana, esclarecendo o porquê a arte é, e deve ser, para todos’’.

COMENTÁRIOS dos leitores