'Jovens não são invencíveis', alerta OMS sobre Covid-19

Os surtos de coronavírus foram notificados especialmente em países europeus, onde jovens de férias vão a bares e boates

qui, 30/07/2020 - 14:51
Fabrice COFFRINI / AFP Chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus Fabrice COFFRINI / AFP

Os jovens "não são invencíveis" diante da COVID-19 e devem tomar "as mesmas precauções que o restante da população para se proteger e proteger os demais" - advertiu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta quinta-feira (30).

"Os jovens podem se contaminar e morrer", alertou Tedros Adhanom Ghebreyesus em entrevista coletiva no mesmo dia em que o total de casos oficiais de COVID-19 registrados no mundo passa de 17 milhões.

"Parece que os surtos em alguns países são parcialmente causados por jovens que baixam a guarda durante o verão no hemisfério norte", enfatizou. As boates, em especial, são "amplificadores de transmissão de vírus", acrescentou uma funcionária da OMS, Maria Van Kerkhove.

"Os jovens devem liderar a mudança" nas novas atitudes sociais causadas pela pandemia, como distância física, lavagem das mãos, uso da máscara quando a distância é impossível", insistiu Tedros.

Os surtos de coronavírus foram notificados especialmente em países europeus, onde jovens de férias vão a bares e boates.

No Canadá, os menores de 39 anos são a clara maioria dos novos casos de COVID-19, alertaram as autoridades de saúde no último fim de semana.

A pandemia causou 670.000 mortes em todo o mundo e mais de 17 milhões de casos foram diagnosticados desde o final de dezembro.

Tags:

COMENTÁRIOS dos leitores