Pará tem 32 casos e transmissão comunitária do coronavírus

Governo reforça as medidas de isolamento social e adia volta às aulas. Secretário de Saúde Alberto Beltrame adverte que os números da covid-19 vão aumentar.

ter, 31/03/2020 - 17:47
Sespa Isolamento social e higienização são as melhores medidas de prevenção ao coronavírus Sespa

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) confirmou novos casos positivos de covid-19 no Pará, não sendo possível identificar a origem da transmissão. Agora são 32 registros da doença, 734 casos descartados e 33 em análise. “Oficialmente, nós declaramos que o Pará passa a ter transmissão comunitária”, informou o governador do Estado, Helder Barbalho.

O secretário de Estado de Saúde Pública, Alberto Beltrame, explicou que a partir de agora os números de casos confirmados devem aumentar, tornando ainda mais importante as medidas restritivas de isolamento e distanciamento social. “Temos dois homens, um de 53 e outro de 34 anos, que deram resultado positivo. São sintomáticos, coletaram as amostras e não conseguem identificar quem, dentro de seus contatos, possa ter lhes contagiado. Do ponto de vista prático não muda nenhuma medida. A sua autoproteção e a de seus familiares continua sendo essencial”, ressaltou o secretário.

O governador Helder Barbalho também anunciou que foi prorrogado, por mais 15 dias, o período de suspensão de aulas na rede estadual de ensino. De acordo com o Decreto nº 609, assinado no último dia 16 de março, as aulas ficariam suspensas até 31 de março. Mas a medida restritiva, que tem o objetivo de proteger a população da disseminação do novo Coronavírus, foi revisada em reunião com o Conselho Estadual de Educação e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc). A prorrogação passa a valer a partir de 1º de abril (quarta-feira).

Nesta segunda-feira (30) começaram a ser transmitidas as aulas do Programa Todos em Casa pela Educação, pela TV Cultura e internet. O aplicativo do programa foi baixado 9 mil vezes. A aula virtual também foi transmitida pelo Facebook da TV Cultura, assistida por 16 mil usuários, ao vivo.

Com informações da Agência Pará.

COMENTÁRIOS dos leitores