Irã veta celebrações do Valentine's Day

Lojas e restaurantes estão proibidos de celebrarem a data

sex, 14/02/2020 - 12:15
Pixabay Pixabay

O Irã vetou as celebrações do Valentine's Day, que ocorre nesta sexta-feira (14) em vários países e é considerado o Dia dos Namorados. De acordo com a agência de notícias iraniana Isna, autoridades locais proibiram que lojas comercializassem artigos de referência ao Valentine's Day, correndo o risco de serem punidas de um a seis meses com o fechamento do estabelecimento comercial. 

A fiscalização ocorre, principalmente, na cidade sagrada de Qom. A orientação vale, inclusive, para restaurantes e cafeterias, que estão impedidos de acenderem velas ou colocarem balões nos salões.

O governo e os clérigos iranianos consideram a data uma "invasão cultural" do Ocidente, a qual colocaria em risco a identidade islâmica-iraniana.  Apesar das restrições, as celebrações para o Valentine's Day têm crescido no Irã nos últimos anos, com jovens trocando presentes em forma de coração, pelúcias e chocolates.

Da Ansa

COMENTÁRIOS dos leitores