Bolsas asiáticas sobem majoritariamente

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,38% hoje, a 2.917,01 pontos

sex, 14/02/2020 - 07:06

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta sexta-feira (14), com investidores atentos à epidemia de coronavírus, mas também esperando que a China confirme uma redução de tarifas sobre produtos americanos.

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,38% hoje, a 2.917,01 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,44%, a 1.779,43 pontos.

O foco se mantém no coronavírus após um recente salto no número de casos na China, devido a uma mudança na forma como os dados da província de Hubei - epicentro do surto - são tabulados.

Segundo o governo chinês, foram registrados 5.090 novos casos da doença em todo o país ontem e 121 mortes, que elevaram o total de óbitos para 1.380. Apenas em Hubei, no entanto, 108 mortes foram desconsideradas em razão de uma falha de contagem duplicada.

Já a questão comercial sino-americana volta às atenções, uma vez que a China deve reduzir pela metade tarifas sobre US$ 75 bilhões em importações dos EUA hoje, como parte do acordo comercial bilateral de "fase 1" assinado no mês passado. Na semana passada, Pequim anunciou que a redução entraria em vigor nesta sexta.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng teve alta de 0,31% em Hong Kong hoje, a 27.815,60 pontos, o sul-coreano Kospi avançou 0,48% em Seul, a 2.243,59 pontos, e o Taiex subiu 0,20% em Taiwan, a 11.815,70 pontos. Exceção, o Nikkei caiu 0,59% em Tóquio, a 23.687,59 pontos, após o Japão relatar ontem sua primeira morte por coronavírus.

Na Oceania, a bolsa da Austrália se valorizou, impulsionada por ações de grandes bancos locais. O S&P/ASX avançou 0,38% em Sydney, a 7.130,20 pontos, ficando bem perto do fechamento recorde de 7.132,70 pontos de três semanas atrás. Com informações da Dow Jones Newswires.

COMENTÁRIOS dos leitores