São Paulo: PM é preso suspeito de tentar matar ex-namorada

Kleber Otávio de Oliveira teria espancado e estuprado a ex, mas em um momento de distração, ela pegou a arma dele e disparou contra o PM

ter, 05/03/2019 - 17:50
Reprodução/Facebook/Kleber Otávio de Oliveira Kleber tem uma filha com a ex-namorada Reprodução/Facebook/Kleber Otávio de Oliveira

Teve alta médica do Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu (SP), nesta terça-feira (5), o policial militar Kleber Otávio de Oliveira, de 23 anos. Ele é suspeito de estuprar, sequestrar e tentar matar a ex-namorada, de 22 anos.

Kleber estava internado no centro de saúde desde o último dia 1º de fevereiro, quando foi baleado pela ex-namorada. Após as investidas dele contra ela, a moça conseguiu pegar a arma dele e atirou.

De acordo com o Batalhão de Polícia Militar, o policial militar seguiu escoltado para o Presídio Militar Romão Gomes, que fica localizado na Zona Norte da capital paulista. Testemunhas afirmaram à Polícia Civil que Kleber foi até a residência da ex-namorada por não aceitar o fim do relacionamento.

Ele atua na capital paulista no 43º Batalhão de Tremembé. Antes de levar a moça em seu carro para um lugar afastado da cidade, ele agrediu o padrasto da sua ex-namorada. Já na localidade distante do centro urbano, Kleber teria espancado e estuprado a vítima.

Em um momento de distração, a moça pegou a arma dele e disparou duas vezes no abdômen do policial militar. Agora, com Kleber de alta médica, a vítima afirma que está com medo das ameaças que ele fez anteriormente. O casal tem uma filha de dois anos.

COMENTÁRIOS dos leitores