Delegado aparece em vídeo de agressão contra agente

Renato Gayão, de Arcoverde, foi intimado para esclarecimentos

por Jorge Cosme qua, 25/01/2017 - 16:31

O delegado Renato Gayão, de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, aparece nas imagens da agressão de motociclistas contra o agente penitenciário Charles Souza Santos, de 41 anos, em Afogados da Ingazeira. A agressão ocorreu no sábado (21), mas Charles faleceu na terça-feira (25). Durante a agressão, o agente levou um tiro, que teria partido de sua própria arma.

De acordo com o delegado Joselito Amaral, diretor da Polícia Metropolitana, um inquérito foi aberto para investigar o crime de homicídio. “Alguns falaram que teria sido acidente, mas nós estamos trabalhando com a hipótese de homicídio”, comenta. Amaral diz que agora a polícia trabalha com a individualização dos envolvidos para concluir a participação de cada um. O caso ocorreu durante um evento de motoclubes.

Na imagem, o delegado Gayão aparece pouco após as agressões cessarem.  Segundo a Folha de Pernambuco, uma suposta nota do delegado que circula nas redes sociais diz que ele apenas evacuou o local e acionou uma guarnição. 

“[O agente] se envolveu em uma briga na fila do banheiro e foi agredido por membros do motoclube que ele fazia parte e por pessoas de outro motoclube que estavam na fila. Ao tentar sacar a ama, desferiu um disparo contra a própria perna”, diz a nota.

Gayão foi intimado a comparecer à delegacia. “É prematuro dizer o envolvimento de cada integrante. Apesar de imagens, não recebemos perícia tanatoscópica, para saber a direção do tiro. Também falta perícia do IC [Instituto do Criminalística] do local”, complementa Joseleito. O delegado de Arcoverde também pode receber uma punição administrativa disciplinar.

COMENTÁRIOS dos leitores