Magno Martins

Magno Martins

Política Diária

Perfil:Graduado em Jornalismo pela Unicap e com pós-graduação em Ciências Políticas, possui 30 anos de carreira e já atuou em veículos como O Globo, Correio Braziliense, Jornal de Brasília, Diário de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Foi secretário de Imprensa de Pernambuco e presidiu o comitê de Imprensa da Câmara dos Deputados. É fundador e diretor-presidente do Blog do Magno e do Programa Frente a Frente.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Sinais de retaliação em Petrolina

Magno Martinssex, 27/10/2017 - 08:32

Em entrevista ao Frente a Frente de ontem, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ainda no PSB, deu a entender que a sua gestão passou a ser discriminada pelo Governo do Estado depois que o grupo do seu pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, rompeu com Paulo Câmara, saiu do PSB e assumiu discurso de pré-candidato a governador. Segundo ele, em nenhum momento o Governo Câmara atendeu a contento os pleitos do município.

Miguel fez apenas uma ressalva à postura correta e de equilíbrio, segundo ele, do presidente da Compesa, Roberto Tavares. As obras e projetos voltados para o município, de acordo com o prefeito, estão em ritmo de normalidade, estando Tavares mantendo diálogo permanente. Sobre a candidatura do seu pai, Miguel disse que ainda é muito cedo para tratar de nomes, mas afirmou que aposta na unidade da oposição, formada pelo G-4, o grupo dos quatro partidos que planejam construir uma candidatura única ao Governo do Estado.

O prefeito falou também da sua gestão, que, segundo ele, tem buscado o equilíbrio fiscal, apesar das dúvidas astronômicas, em sua expressão, deixadas pelo ex-prefeito Júlio Lóssio. "Não quero realimentar essa polêmica, mas a população sabe o que herdamos em termos de despesas", afirmou. Ainda em relação ao modelo de governo implantado, destacou a obra social do restaurante popular, com refeições a R$ 1,50, que tem sido um tremendo sucesso, chegando a atender mais de seis mil pessoas por dia.

Enquanto, por outro lado, o Governo do Estado passou a ver Petrolina com viés discriminatório, o prefeito disse que não teve outra alternativa que não fosse buscar parcerias com o Governo Federal. Através de recursos viabilizados na gestão Temer, Miguel tem se diferenciado na região com obras que geram emprego e renda. Ele citou que iniciou, por exemplo, a pavimentação de um conjunto de mais de 20 ruas, boa parte também com recursos próprios frutos do ajuste fiscal que vem sendo feito.

CONGRESSO DA UVP – O prefeito de Petrolina é um dos palestrantes do Congresso Estadual de Vereadores que começa, hoje, no município, reunindo mais de 300 parlamentares numa iniciativa da União dos Vereadores de Pernambuco – UVP. Segundo o presidente da entidade, Josinaldo Barbosa, que é presidente da Câmara de Vereadores de Timbaúba, lideranças expressivas de todas as matizes políticas vão se revezar no evento, inclusive convidados de outros Estados. O mote do encontro não poderia ser diferente: a crise nacional que vem assolando os municípios.

Fugiram da raia – As duas maiores surpresas na votação da bancada pernambucana na sessão da última quarta-feira, da Câmara dos Deputados, na qual foi arquivada mais uma denúncia contra o presidente Temer, oferecida pela Procuradoria Geral da República, foram as ausências dos deputados Ricardo Teobaldo, do Podemos, e de João Fernando Coutinho, do PSB. Ambos votaram a favor do Governo no primeiro pedido de investigação do STF, mas sofreram um bombardeio de críticas pelas redes sociais. Temendo novo estresse, adotaram o muro como solução.

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA – A Polícia Federal deflagrou, ontem, a Operação Lavat, destinada a desarticular organização criminosa investigada na Operação Manus, que continuou praticando crimes de lavagem de dinheiro. A PF faz buscas no Ministério do Turismo. Em junho, a Manus prendeu o ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Em nota, a PF informou que cerca de 110 policiais federais cumprem 27 mandados judiciais, sendo 22 mandados de busca e apreensão, três de prisão temporária e dois de condução coercitiva em Natal, Parnamirim, Nísia Floresta, São José do Mipibu, Angicos, ambos no Rio Grande do Norte, e Brasília. Durante a análise do material apreendido da Manus, “foram identificadas fortes evidências quanto à atuação de outras pessoas pertencentes a organização criminosa, que continuou praticando crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de valores para o chefe do grupo”.

TV cumpre promessa – Após a matéria publicada no Diário de Pernambuco sobre o atraso na entrega da casa prometida pela Record à família de Rivânia durante o programa Hora do Faro veiculado em 9 de julho deste ano, a emissora rebateu o prazo informado à reportagem por Maria Ivone, avó da garota, de 90 dias. Com apenas 8 anos, ela ficou conhecida nacionalmente por escolher salvar livros em vez de brinquedos ou outros itens durante as chuvas que invadiram e destruíram boa parte da casa onde mora, em Várzea do Una, no município de São José da Coroa Grande, a 117km do Recife. A entrega da casa, aliás, será registrada pela equipe do Hora do Faro e veiculada pela atração da Record TV. A produção do programa mantém contato com Dona Ivone, que está ciente dos 6 meses para a entrega da casa", diz a nota enviada pela empresa.

Temer fala em verdade - Do presidente Michel Temer ao comemorar mais uma vitória com a sua base política na Câmara enterrando mais uma denúncia do STF: “O Brasil é sempre maior do que qualquer desafio. E ficou ainda mais forte depois de ter suas instituições testadas de forma dramática nos últimos meses. No fim, a verdade venceu. Prevaleceram as garantias individuais e institucionais da nossa Constituição. Quero até aproveitar para agradecer às deputadas e aos deputados que na votação de ontem reafirmaram o compromisso comigo e com o nosso governo”.

CURTAS

AINDA EM PETROLINA – Em comemoração à semana do servidor público, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina e a Prefeitura realizaram o lançamento do Siconcard, Cartão de desconto do servidor municipal. A iniciativa faz parte do Convênio entre a CDL Petrolina com a Prefeitura de Petrolina, Sindilojas e o Sindicato dos Servidores Municipais. O cartão oferece descontos aos servidores públicos municipais de Petrolina, efetivos e comissionados, na aquisição de produtos e serviços em estabelecimentos comerciais conveniados ao programa.

COBRANÇAS – O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) cobrou do secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, a sinalização da PE-160 bem como a realização de uma operação tapa-buracos no trecho que compreende o Moda Center e a cidade de Jataúba. O parlamentar recebeu em seu gabinete o vereador Nailson Ramos (PMDB) de Santa Cruz do Capibaribe, para tratar de emendas nas áreas de abastecimento hídrico e infraestrutura, entre elas a interligação das Adutoras do Agreste e do Alto Capibaribe aos bairros de Jaçanã, Santo Agostinho, Neco Aragão e Gavião.

Perguntar não ofende: A paz voltou a reinar no Governo Temer só até a delação de Geddel?

COMENTÁRIOS dos leitores