Magno Martins

Magno Martins

Política Diária

Perfil:Graduado em Jornalismo pela Unicap e com pós-graduação em Ciências Políticas, possui 30 anos de carreira e já atuou em veículos como O Globo, Correio Braziliense, Jornal de Brasília, Diário de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Foi secretário de Imprensa de Pernambuco e presidiu o comitê de Imprensa da Câmara dos Deputados. É fundador e diretor-presidente do Blog do Magno e do Programa Frente a Frente.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Grupo de FBC vence mais uma

Magno Martinsqua, 26/04/2017 - 09:43

O posicionamento da bancada do PSB em relação à reforma da Previdência deixou em maus lençóis a executiva nacional, que um dia antes havia fechado posição contra. Desde a morte do ex-governador Miguel Arraes, o PSB perdeu a unidade e não tem mais comando. Uma parte, minoritária, assume uma postura de independência frente ao Governo Temer para contrariar o grupo do senador Fernando Bezerra Coelho, que, a contragosto do partido, emplacou o ministro Fernando Coelho Filho no Ministério de Minas e Energia.

Ao tentar forçar à bancada a negar os votos que o Governo precisa para aprovar a reforma da Previdência, a executiva nacional do PSB, movida apenas por um desejo do núcleo pernambucano, queria, na prática, esvaziar o poder de fogo do ministro Fernando Filho. Mas não conseguiu. Líder da bancada do PSB na Câmara dos Deputados, a deputada Tereza Cristina (MS) decidiu alterar a orientação dada anteriormente e liberou os deputados para votarem como quiserem no requerimento de retirada de pauta da reforma trabalhista.

Com isso, foi abaixo o movimento conspiratório do PSB, que durou menos de 24 horas. Ponto para Fernando pai e Fernando filho. Aliados do Governo, o senador e o ministro terão a garantia de votos na bancada socialista na Câmara para aprovar a reforma previdenciária. A proposta do Governo foi analisada, ontem, em uma comissão especial da Casa. A líder, eleita pela força também do vice-governador de São Paulo, Márcio França, também é vice-líder do Governo Temer na Câmara, apesar da cúpula do partido dizer que não faz parte da base aliada.

Segundo o líder do governo no Congresso, André Moura (PSB-SE), já há votos suficientes para aprovar o texto na Câmara. A previsão é que a votação termine ainda esta semana. Tereza disse que, na última segunda-feira, o PSB fechou questão no mérito da reforma. “Como ainda temos a bancada muito dividida, ainda estamos discutindo o encaminhamento a ser dado, vou liberar neste requerimento de retirada”, justificou.

A primeira orientação do PSB foi votar a favor do requerimento, o que demonstra a divisão na bancada da sigla na Casa. O deputado Bebeto (PSB-BA) disse que agiu sob orientação do partido ao defender o voto sim. “Ninguém aqui fala por si só”, afirmou. O requerimento de retirada de pauta foi rejeitado em votação nominal por 10 favoráveis ao pedido e 23 contrários. A comissão iniciou a fase de debates e a previsão é que o texto da reforma trabalhista vá, hoje, ao plenário.

ADIAMENTO – A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) adiou, ontem, a decisão sobre um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-ministro José Dirceu. Na sessão, os ministros decidiram, por unanimidade, aceitar um pedido da defesa para analisar a ação com novas manifestações dos advogados e do Ministério Público sobre a prisão. Em novembro do ano passado, o então relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki, havia negado a própria tramitação do habeas corpus na Corte, decisão que foi derrubada nesta terça. Decidiram aceitar o pedido de tramitação o atual relator, Edson Fachin, e os ministros Dias Toffoli, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

No muro – Para não ficar mal perante o Planalto, o governador Paulo Câmara não botou a cara na reunião da executiva nacional do PSB, que decidiu pressionar a bancada na Câmara dos Deputados para votar contra a reforma da Previdência. Em seu lugar, o secretário de Administração, Milton Coelho, que sonha com um lugar ao sol na Câmara nas eleições de 2018, seguiu o voto da maioria. Na prática, referendou o que de fato queria o governador, que preferiu ficar em cima do muro.

Em nota, posição contra – Mais tarde, o governador emitiu uma nota: "Respeito a posição tomada pelo partido, mas continuo defendendo a manutenção do diálogo. Por isso, entendo precipitado e discordo do fechamento de questão sobre a votação da reforma da Previdência. Insisto: sem diálogo será impossível o Brasil superar os atuais desafios nacionais", afirmou. No documento, Câmara defendeu ainda que a discussão em torno da reforma da Previdência é necessária, mas ressaltou que o Governo não pode alterar as regras das aposentadorias para prejudicar os mais vulneráveis.

Paralisação em Pernambuco – A greve geral de trabalhadores marcada para sexta-feira próxima em todo o País vai contar com ato público e caminhada no Recife. A mobilização contra as reformas trabalhistas e da Previdência tem concentração às 14h, na Praça do Derby. De lá, os manifestantes sairão em caminhada em direção ao centro do Recife. Amanhã de manhã, a Central Única dos Trabalhadores vai realizar os informes gerais sobre a greve geral e as categorias que aderiram à mobilização durante uma entrevista coletiva.

Uma festa de muita emoção – Políticos das mais diversas tendências confirmaram presença, hoje, às 20 horas, na Câmara de Vereadores de Caruaru, na sessão plenária da entrega do titulo de cidadão caruaruense a este blogueiro. A todos, quero de antemão agradecer o carinho e a atenção, especialmente ao prefeito José Patriota, da minha pátria Afogados da Ingazeira, vindo de tão longe. A prefeita anfitriã Raquel Lyra (PSDB), que está em Brasília, será muito bem representada pelo seu pai, o ex-governador João Lyra Neto. Até secretários estaduais farão o gesto da presença, como Sebastião Oliveira, de Transportes. Como cantor, está, aliás, disposto até a dar uma canja. Por falar em música, os astros da noite serão os cantores Maciel Melo e Josildo Sá. Tem ainda uma apresentação especial da banda Brucelose, do meu amigo Gilson Neto.

CURTAS

NOTÍCIAS FALSAS – Jimmy Wales, o fundador da enciclopédia online Wikipédia, lançou um site com o objetivo de conter a difusão de notícias falsas. A publicação reúne jornalistas profissionais e uma comunidade de voluntários para produzir reportagens. A nova plataforma, chamada de Wikitribune, terá acesso gratuito e nenhuma propaganda, e dependerá de seus leitores para financiamento.

PAGAMENTO – A Secretaria de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas informa que, na próxima sexta-feira, todos os 38 mil servidores da administração direta e indireta, além dos aposentados e pensionistas da Prefeitura do Recife, receberão o salário do mês de abril. O pagamento representa uma injeção de cerca de R$ 171 milhões na economia da cidade. 

Perguntar não ofende: A executiva nacional do PSB ficou desmoralizada? 

COMENTÁRIOS dos leitores