Springsteen e Chris Martin substituem Bono em show do U2

Banda realizou show surpresa para arrecadar fundos no Dia Mundial de Combate à Aids

ter, 02/12/2014 - 13:00
TIMOTHY A. CLARY Astros se apresentam em evento TIMOTHY A. CLARY

Bruce Springsteen e Chris Martin foram Bono por um dia em uma apresentação surpresa do U2 na noite de segunda-feira no coração de Nova York para apoiar a luta contra a Aids.

O U2, que pouco subiu aos palcos desde sua turnê 2009-2011, anunciou essa apresentação gratuita na Times Square apenas algumas horas antes de iniciar o espetáculo, destinado a arrecadar fundos no Dia Mundial do Combate à Aids.

Mas, como Bono ficou seriamente ferido em um acidente de bicicleta no mês passado, quem assumiu o microfone à frente do icônico grupo irlandês foram Bruce Springsteen e o vocalista do Coldplay.

"Os sonhos se tornam realidade para todos, tanto para velhos como para jovens", declarou Martin no palco montado debaixo de chuva sob os telões gigantes da famosa rua de Nova York.

Martin, que considera o U2 uma fonte de inspiração, juntou-se ao guitarrista The Edge e ao restante do grupo para interpretar "With or Without You" e "A Beautiful Day", tentando ser fiel à letra e ao estilo de Bono.

O show durou uma hora e, no fim, Bruce Springsteen emocionou o público ao cantar "Where the Streets Have No Name", antes de uma interpretação mais sóbria de "I Still Haven't Found What I'm Looking For".

A apresentação foi organizada pela campanha "Red" de Bono, que fez uma rápida aparição em um vídeo em que várias estrelas promovem alguns produtos vendidos a 40 centavos, o custo diário de um tratamento contra a Aids.

COMENTÁRIOS dos leitores