Dorival Júnior vê Copa América como torneio especial e diz que Brasil está em fase de montagem

Ele deixou claro que seu estafe vai estar monitorando também os atletas que não foram convocados para esta competição

Dorival Júnior vê Copa América como torneio especial e diz que Brasil está em fase de montagem

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Diante de seu primeiro desafio como treinador da seleção brasileira, o técnico Dorival Júnior alçou a atual edição da Copa América como uma importante etapa do seu trabalho de levar a equipe nacional para a disputa da Copa do Mundo de 2026. Além de comentar sobre a importância do torneio continental, ele deixou claro que seu estafe vai estar monitorando também os atletas que não foram convocados para esta competição.

“Acredito que seja um torneio especial. O que eu vejo, é que teremos ao longo desses dois anos momentos (de competição) como esse. É natural que as avaliações aconteçam e estamos preparados. Todos os jogadores vão estar sendo observados, independentemente de estar jogando aqui ou não”, afirmou.

O treinador comentou também sobre este período em que está reunido com os atletas, finalizando a preparação para o torneio. Até aqui, o saldo tem sido bastante positivo, segundo ele.

“Fundamental estarmos juntos. Primeiro pela aproximação dos jogadores e o conhecimento um pouquinho maior de cada um deles. Os dois amistosos que realizamos também fizeram com que pudéssemos aumentar essa observação. Futebol é dinâmico e ao mesmo tempo exige que consiga alcançar etapas importantes.”

Essa ambientação, de acordo com Dorival, tem uma relação direta com o desempenho da equipe nas partidas. “Estamos em processo de montagem, porém, tentando acelerar o máximo possível para encontrar um padrão de jogo definido. Queremos montar um time organizado, gerando uma condição de que, no último terço de campo, possamos explorar ao máximo a capacidade dos nossos jogadores”, disse.

A seleção brasileira integra o Grupo D do torneio e estreia na próxima segunda-feira diante da Costa Rica. Quatro dias depois, o Brasil volta a campo para enfrentar o Paraguai. O último compromisso desta fase de classificação vai ser contra a Colômbia, no dia 2 de julho.