Dudu reavalia decisão e Palmeiras se posiciona pela 1ª vez: ‘Tem contrato vigente’

Após o anúncio do Cruzeiro sobre o acerto, houve diversas manifestações de torcedores palmeirenses contra a decisão

Dudu reavalia decisão e Palmeiras se posiciona pela 1ª vez: ‘Tem contrato vigente’

A reviravolta na atitude de Dudu não significa que o negócio será desfeito. Foto: Marcos Ribolli

O futuro do atacante Dudu é incerto. O jogador de 32 anos, antes disposto a trocar o Palmeiras pelo Cruzeiro, reavaliou sua decisão e comunicou, neste domingo, a direção do clube alviverde e o técnico Abel Ferreira sobre sua nova posição. No entanto, a reviravolta na atitude do atleta não significa que o negócio será desfeito.

Após o anúncio do Cruzeiro sobre o acerto para o retorno de Dudu ao clube, neste sábado, houve diversas manifestações de torcedores palmeirenses contra a decisão do atacante. Pessoas próximas ao atleta também o procuraram para entender o que estava acontecendo. O jogador ainda se reuniu com membros de torcidas organizadas.

O Palmeiras soltou uma nota sobre o tema pela primeira vez, confirmando a conversa entre Dudu e Abel Ferreira e informando que o atacante não viajará com a delegação para o jogo com o Atlético-MG nesta segunda-feira, pelo Brasileirão.

“O atacante Dudu se apresentou para o treino deste domingo (16) na Academia de Futebol e teve uma conversa com o técnico Abel Ferreira. A pedido do Departamento de Futebol, o atleta não foi relacionado para a viagem a Belo Horizonte (MG), onde o Palmeiras enfrenta amanhã o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Dudu é atleta do clube e tem contrato vigente até o fim de 2025”, apontou o Palmeiras em nota.

Está nas mãos da diretoria e da comissão técnica do Palmeiras tomar um caminho definitivo para a negociação. Dudu ainda não passou por exames médicos no Cruzeiro, e os contratos não foram assinados.

O acordo foi apalavrado entre as partes (Dudu, Cruzeiro e Palmeiras) no sábado e, com isso, o time celeste optou por tornar a decisão pública antes que fosse vazada. A atitude gerou desconforto no clube alviverde e também junto ao estafe do atacante, que é ídolo e não gostaria de deixar o time pelo qual atuou por nove anos de forma turbulenta. Esse fator contribuiu para que Dudu repensasse sua escolha.

Em entrevista à Itatiaia, o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, afirmou que partiu de Dudu, de quem é amigo íntimo, o interesse em ser negociado. “Está marcado o exame dele autorizado pelo Palmeiras. O Palmeiras não forçou nada. O Dudu que procurou o Cruzeiro. Ele quer novos ares”, afirmou.